A base do governo livre

por Douglas Wilson

chains-19176_1920A base de toda forma de governo livre — quer na família, nos assuntos civis ou no governo da igreja — é a autonomia. Se as pessoas não têm autocontrole, pode ter certeza de que elas serão controladas por forças externas.

É fácil lamentar o despotismo quando ele oprime, quando os impostos são dívidas e quando as regulamentações são onerosas. Quando Faraó exige tijolos mas não fornece as palhas, todos os escravos lamentam a escravidão. Sempre que as contas vencem, o mundo inteiro é libertário.

Assim, precisamos comparar dois ensinos da Escritura. O primeiro é que a liberdade é obra do Espírito de Deus. “Ora, o Senhor é o Espírito; e, onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade” (2Co 3.17). E a segunda passagem é esta: “Mas o fruto do Espírito é […] domínio próprio” (Gl 5.22-23). Um dos principais instrumentos que o Espírito Santo usa para promover a verdadeira liberdade é libertar da imoralidade os que dela são escravos. Ele corta suas correntes. Mas o autor do hino sabe o que necessariamente resulta disso. Levantei-me, segui adiante e Te segui.

Uma geração de escravos do pecado não pode ser livre. Eles não sabem o que é liberdade. Ela os aterroriza. Se lhes fosse concedida, não teriam ideia de como preservá-la. “Como cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não tem domínio próprio” (Pv 25.28). É por isso que a embriaguez é uma questão política. É por isso que a pornografia é uma questão tão séria. Uma geração de fumantes de maconha não pode ser livre.

Se algum déspota propusesse acorrentar você na parede de um calabouço, mas prometesse implantar um eletrodo na central de prazer do seu cérebro de tal forma que você tivesse uma euforia incessante até o dia de sua morte, o que você acharia disso? Mas se você não aceitaria esse grandioso suborno, por que está perdendo tempo com suborninhos? Se você não aceitaria um prazer desmedido em troca de sua liberdade, por que está se conformando com prazeres insignificantes em troca dela?

Só há um modo de homens e mulheres libertarem-se: se forem endireitados.

Tradução: Leonardo Bruno Galdino

Original: The Foundation of Free Government

 

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s