Relatório Justiça Pública #2

No segundo relatório Justiça Pública, Lucas G. Freire analisa o papel da mulher cristã na política do ponto de vista da ética pessoal, mantendo o que a Igreja confessa sobre a distinção de gênero mas, ao mesmo tempo, mostrando várias formas de participação feminina na vida pública do país.

Política vai além do poder governamental. Política reformada emerge de uma cultura reformada, da fé colocada em prática.

O acesso à publicação é gratuito através da nossa página. Boa leitura!

Anúncios

Um pensamento sobre “Relatório Justiça Pública #2

  1. Muito bom os artigos publicados, muito esclarecedor mesmo.

    Gostaria de sugerir um outro tema para um artigo, o juri divino em John Locke. Acho que seria muito interessante estudar sobre o papel do estado na sociedade e se o estado pode fazer apenas o que Deus ordena.

    Abraços.

Os comentários estão desativados.