Olimpíadas e Estado

Em época de Olimpíadas, recomendamos reflexão sobre três leituras.

1. Em inglês, o editor de Política Reformada comenta no site internacional ThinkIR a respeito do caráter extremamente político dos jogos olímpicos, usando o caso inglês e o caso brasileiro.

2. No portal Libertarianismo, Sidnei Santana discorre sobre a relação entre o uso da coerção estatal e o financiamento das Olimpíadas e Copa do Mundo no Brasil.

3. Na nossa página, o editor faz uma leitura das Olimpíadas à luz de seus motivos-base religiosos e da filosofia política reformacional.

Sejamos torcedores críticos, acompanhando e apoiando nossos atletas, mas reconhecendo que o sistema que alimenta o esporte moderno tem sido distorcido ou “sequestrado” pela intervenção estatal.

Anúncios